O Blog:

Amigos e conterrâneos camocinenses, a gente só dar o que tem. Quando pensamos editar um blog, este foi o pensamento: doar todo nosso esforço na construção de uma ferramenta como esta para a divulgação pura e simples da nossa história. Contudo, essa é uma oportunidade de todos participarem desta empreitada, seja comentando, sugerindo, corrigindo e, efetivamente, participando dessa grande viagem que a História nos proporciona. Que nosso "POTE" nunca encha e sacie a todos!!!

sábado, 10 de junho de 2017

A EDUCAÇÃO EM CAMOCIM - PRIMEIRA DÉCADA DO SÉC. XX

Relação de Escolas de Camocim. Fonte: Annuario Almanack Laemmert. p.268.

No início do século XX, o acesso à educação no Brasil ainda era muito limitado para o conjunto da população. Talvez por isso, pouco era também o número de escolas e professores. Não muito distante deste tempo, até por volta dos anos 1970, era corriqueiro primeiro se estudar numa "escola", que funcionava na casa do professor (a), onde se aprendia o "alfabeto" e só depois se ingressava numa escola propriamente dita.
 No município de Camocim, os dados de 1909, mostra essa realidade. Existiam naquela época algumas escolas particulares e municipais de instrução primária, como por exemplo:

"ESCOLAS PARTICULARES:
Instrucção Primaria
Sexo masculino
Professor: Francisco Menescal Carneiro. nocturna.
Mixtas:
Angela Ferreira Colyer
D. Eustachia Aragão
D. Francelina de Castro Fialho
D. Urbina Gondim Barbosa

ESCOLAS MUNICIPAES
Instrucção Primaria
Instituto Municipal Camociense
Professor: Raul Rocha"

Existiam ainda escolas nas povoações de Almas, Barroquinha, Guriú e Araras, que eram fiscalizadas pelo Presidente da Câmara, àquela epóca, Poder Executivo. Além da instrução primária, havia ainda outras escolas públicas, destinadas aos sexos feminino, masculino e mistas:

"Escolas publicas:
Sexo masculino:D. Maria Carolina Brandão Cela.
Sexo feminino: D. Heraclia Theodora de Sá Callado.

Ainda segundo o documento analisado, existia uma escola particular como o nome:

"COLLEGIO JOSÉ DE ALENCAR
Director: José Telles de Sousa".

O Conselho Escolar do município era formado por:

"Severiano José de Carvalho - presidente
Julio Cícero Monteiro
José Joaquim de Oliveira Praxedes
Antonio Sampaio Torres
José Maximiano Brasil".









Um comentário:

  1. Ora, quando eu era pequeno nos anos 1970 havia uma única Escola Municipal desse tipo na minha região. Era no Olho D’água na casa de minha Tia Maria de Jesus da Rocha (Mariinha Zeca). A Professora era sua filha adotiva (minha tia nunca casou, mas criou três filhos), dentre eles a Benedita Ferreira Passos, ainda hoje conhecida como Tia Bené que foi minha primeira Professora que me alfabetizou, eu e muitos outros na região. Quem foi alfabetizado pela Bené teve uma base sólida de maneira que se dava bem em qualquer escola que entrasse.
    Lembro que todo dia ela ensinava nós fazermos o Cabeçalho no caderno assim:

    Escola Municipal Camocim
    Local e data....................
    Aluno:............................

    ResponderExcluir