O Blog:

Amigos e conterrâneos camocinenses, a gente só dar o que tem. Quando pensamos editar um blog, este foi o pensamento: doar todo nosso esforço na construção de uma ferramenta como esta para a divulgação pura e simples da nossa história. Contudo, essa é uma oportunidade de todos participarem desta empreitada, seja comentando, sugerindo, corrigindo e, efetivamente, participando dessa grande viagem que a História nos proporciona. Que nosso "POTE" nunca encha e sacie a todos!!!

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

CAMOCINENSE É NOME DE RUA EM FORTALEZA

Prof. José Artur de Carvalho. Fonte: www.ceara.pro.br 

Professor José Arthur de Carvalho, nascido em Camocim é nome de rua em Fortaleza desde 1994, conforme Projeto de Lei nº 150/94 de autoria do vereador Mardônio Albuquerque.














Nestes termos, a Câmara Municipal de Fortaleza decretou:

Art. 1º. Fica denominada Professor José Arthur de Carvalho, uma rua de Fortaleza.
Art. 2º. Esta lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário.
Sala das Sessões das Comissões Permanentes da Câmara Municipal de Fortaleza em 23 de junho de 1994.

Idalmir Feitosa - Presidente.

Na justificativa. o autor da proposição,vereador Mardônio Albuquerque escreveu:

JOSÉ ARTHUR DE CARVALHO, nasceu em Camocim em 16 de fevereiro de 1921, neto do farmacêutico JOAQUIM ARTHUR DE CARVALHO, autor/descobridor da fórmula "GOTAS ARTHUR DE CARVALHO" e filho do prático de farmácia  JOAQUIM ARTHUR DE CARVALHO FILHO. Após ter concluído seu curso primário em Camocim, transferiu-se para Fortaleza, aqui, prosseguiu seus estudos do Colégio Cearense e no Liceu do Ceará, graduando-se em Farmácia, no ano de 1945. pela então Faculdade de Farmácia e Odontologia do Ceará. Foi Presidente do Sindicato dos Farmacêuticos do Ceará, do Conselho Regional de Farmácia e da Sociedade Henrique Jorge. Faleceu a 25 de novembro de 1993, deixando uma descendência de nove filhos, seis genros, três noras, vinte e três netos e uma bisneta.

Portanto, se você mora nessa rua em Fortaleza e é camocinense, agora sabe que o homenageado é seu conterrâneo.

Fonte:
http://cmfor.virtuaserver.com.br:8080/sapl/sapl_documentos/norma_juridica/1438_texto_integral. Acessado em 28/10/2015.



Nenhum comentário:

Postar um comentário