O Blog:

Amigos e conterrâneos camocinenses, a gente só dar o que tem. Quando pensamos editar um blog, este foi o pensamento: doar todo nosso esforço na construção de uma ferramenta como esta para a divulgação pura e simples da nossa história. Contudo, essa é uma oportunidade de todos participarem desta empreitada, seja comentando, sugerindo, corrigindo e, efetivamente, participando dessa grande viagem que a História nos proporciona. Que nosso "POTE" nunca encha e sacie a todos!!!

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

PARLAMENTARES DE CAMOCIM. VI - SETEMBRINO FONTENELE VERAS




Fonte: Deputados Estaduais: 14ª Legislatura 1955-1958. 2ª. Ed. – Fortaleza: INESP, 2006, p.139.

A figura de Setembrino Veras composta de seu óculos escuros e seu jipe 55 (ou seria 51?) era indefectível para os camocinenses. Apesar de ter sido deputado estadual, a memória de seus mandatos como vereador, vice-prefeito e prefeito de dois mandatos (1951-54 e 1967-71) ainda aparece nas conversas dos mais velhos em Camocim. Na cena política de Camocim, Setembrino Veras foi uma espécie de divisor ideológico quando do rompimento político de Murilo Aguiar e Alfredo Othon Coelho, como nos disse o Sr. Orion Menezes:


Aí o Murilo Aguiar disse: “vou lançar um candidato, o Vaqueiro da Esperança, Setembrino Veras”. Ele estava lá nas Amarelas, no terreno dele lá, ele vivia mais no interior. (...) O Murilo Aguiar lançou a candidatura dele, quando foi no outro dia o Setembrino entrou aqui no carro, foi foguete, às sete horas da noite. Vaqueiro da Esperança, botaram o apelido dele, aí o Setembrino ganhou a prefeitura, aí meteu o pau no outro candidato, ajeitou a cidade, aí começou a intriga do Alfredo Coelho com o Murilo Aguiar. Foi o rompimento. 
Quando prefeito, Setembrino ficou conhecido pelo rigor na fiscalização da venda da carne e do peixe, ter construído o Curro Municipal (matadouro), a balustrada margeando o Rio Coreaú e a reforma do Mercado Público após um incêndio, dentre outras importantes de einfraestrutura.
Na sua página do memorial dos deputados estaduais do Ceará está escrito:

Nasceu em Camocim/CE a 06.02.1918. Filho de José Zeferino Veras e Rosa Fontenele Veras. Faleceu a 23.12.1998. Agrimensor. Iniciou os estudos em sua cidade natal, concluindo a formação de cadete no Colégio Militar de Fortaleza. Freqüentou a Escola Militar de Realengo, entretanto, não chegou a terminar seus estudos por motivo de doença. Retornando a Camocim, passou a exercer as atividades de agrimensor. Ingressou na política, sendo eleito Vereador de Camocim, chegando posteriormente a Prefeito, em dois mandatos, e Vice-Prefeito. Eleito Deputado Estadual na legislatura de 1955.

Fontes: Deputados Estaduais: 14ª Legislatura 1955-1958. 2ª. Ed. – Fortaleza: INESP, 2006, p.139-40.
Blog Camocim Pote de Histórias.


Nenhum comentário:

Postar um comentário