O Blog:

Amigos e conterrâneos camocinenses, a gente só dar o que tem. Quando pensamos editar um blog, este foi o pensamento: doar todo nosso esforço na construção de uma ferramenta como esta para a divulgação pura e simples da nossa história. Contudo, essa é uma oportunidade de todos participarem desta empreitada, seja comentando, sugerindo, corrigindo e, efetivamente, participando dessa grande viagem que a História nos proporciona. Que nosso "POTE" nunca encha e sacie a todos!!!

domingo, 6 de novembro de 2016

CAMOCIM NOS LIVROS II - JOSÉ ARIMATÉIA FILHO

Capa de "Seara de Rimas e Rosas. 1992.
Um poeta quase sempre canta sua terra, sua aldeia, seu torrão. Infelizmente, pouco sabemos sobre os velhos vates cantadores e versejadores da nossa idolatrada Camocim. Um destes poetas de antanho é José de Arimatéa Filho. Nasceu em Camocim/CE em 1 de novembro de 1913, filho de José Arimatéa e Maria José de Medeiros. Foi funcionário do Banco do Brasil. Certamente em suas obras, Camocim deve estar contida e cantada. Na sua produção literária constam: "Caixa de Brinquedo” (1977), "Entre Areias e Asfaltos" (1987),  "Seara de Rimas e Rosas" (1992) e “Entre Sombras e Luzes” (1999). José de Arimatéa Filho faz parte da primeira composição da Academia Camocinense de Ciência, Artes e Letras. Excelente trovador, ganhou alguns prêmios. Abaixo, alguma de suas melhores trovas:
TROVAS
Neste mar – vida agitada,
creio, tocado de luz,
que Deus fez minha jangada
dos braços de sua cruz.

Sinto, junto ao mar, sereia,          (Menção Especial em Fortaleza - 1986)
quanto me prendes ainda,
no branco lençol de areia
de minha saudade infinda!...

Tentando driblar a sorte,
rogo a Deus, o tempo inteiro,
para o relógio da morte
atrasar mais o ponteiro...

No trampolim da ilusão
quase que me despedaço,
pois subi como um balão
e caí feito um palhaço.

Pesquei pérolas no mar
dos sonhos bons, fugidios...
- hoje resta-me o pesar
dos meus samburás vazios.


TROVAS DE BOM HUMOR
Justino - moço direito -
cedo casou com Carlota,
mas se mandou... pelo jeito,        (4º lugar em Fortaleza/CE - 1987)
a garota era 'canhota"...



http://falandodetrova.com.br/arimateafilho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário