O Blog:

Amigos e conterrâneos camocinenses, a gente só dar o que tem. Quando pensamos editar um blog, este foi o pensamento: doar todo nosso esforço na construção de uma ferramenta como esta para a divulgação pura e simples da nossa história. Contudo, essa é uma oportunidade de todos participarem desta empreitada, seja comentando, sugerindo, corrigindo e, efetivamente, participando dessa grande viagem que a História nos proporciona. Que nosso "POTE" nunca encha e sacie a todos!!!

quinta-feira, 14 de junho de 2012

A EDUCAÇÃO EM CAMOCIM - CENTRO COMUNITÁRIO SÃO FRANCISCO

Antiga Igrejinha e o Centro Comunitário São Francisco.

Em postagens anteriores já  focalizamos o SPH - Serviço de Promoção Humana, entidade ligada à Igreja Católica que surgiu em Camocim na década de 1960 e que ainda hoje presta serviços na cidade no setor educacional. Com mais de 50 anos de existência no município, o SPH já virou até tema de monografia no Curso de História da UVA (“Um oásis dos menos favorecidos da sorte": A experiência do Serviço de Promoção Humana em Camocim. 1967-1972, de Vera Lúcia Silva) e que brevemente será será lançado em livro comemorativo. Atuando nos bairros periféricos de São Pedro, São Francisco e Cruzeiro, além de localidades na zona rural, a filosofia da entidade como o próprio nome diz é  promover o ser humano, atuando principalmente no campo da educação e da assistência social. Hoje destacaremos o Centro Comunitário São Francisco - CCSF (em sua arquitetura inicial), localizado no bairro do mesmo nome e que começou a ser construído pela comunidade em 1969 com apenas duas salas. Como podemos observar na foto acima, o CCSF era uma extensão da antiga Igrejinha de São Francisco (que foi derrubada para construção de uma outra) que servia para abrigo dos trabalhos pastorais, além de ser uma escola com turmas iniciais e de alfabetização. Com certeza, muitos professores deram sua contribuição neste projeto e muitos camocinenses foram alfabetizados nos seus bancos escolares. Segundo nos diz a historiadora Vera Lucia Silva: Dentro desta perspectiva, a entidade fundou e manteve várias escolas. Entre os anos 1967 e 1973 estavam em funcionamento a Escola Pedro Apóstolo – EPA, no Núcleo Central, no Bairro de São Pedro; a Escola de Promoção Humana – EPH, no Centro Comunitário São Francisco – CCSF, no Bairro de São Francisco; Escola Dona Marieta Cals – EMC, no Centro Comunitário Dona Marieta Cals– CCMC, no Bairro do Cruzeiro (esta, de fato, só funcionaria em 1973, estando em 1972, a sede quase concluída); Escola 21 de Abril, no Sítio Tamboril; e Nosso Lar, no Centro de Camocim. Além destas escolas, a entidade mantinha, em parceria com o SESI, cursos de Educação Fundamental Supletiva, clube de mães, Corte e Costura e Alfabetização.
Alunos no pátio do CCSF.
As iniciativas na área da educação do Serviço de Promoção Humana tiveram um incremento substancial quando era pároco da Paróquia de São Pedro o Pe. Benedito Genésio Ferreira, hoje professor aposentado da UFC e da UVA. Em breve estaremos postando sobre as outras escolas  e atividades idealizadas pelo SPH.

Fotos: Fundo SPH - Arquivo do NEDHIS - Curso de História UVA- Sobral-CE.

2 comentários:

  1. Neste POTE, "mato" a minha sede de história, sobre Camocim! Formidável postagem!
    Um abraço,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Lúcia e continue "bebendO" em nosso POTE

    ResponderExcluir