O Blog:

Amigos e conterrâneos camocinenses, a gente só dar o que tem. Quando pensamos editar um blog, este foi o pensamento: doar todo nosso esforço na construção de uma ferramenta como esta para a divulgação pura e simples da nossa história. Contudo, essa é uma oportunidade de todos participarem desta empreitada, seja comentando, sugerindo, corrigindo e, efetivamente, participando dessa grande viagem que a História nos proporciona. Que nosso "POTE" nunca encha e sacie a todos!!!

segunda-feira, 25 de junho de 2012

A EDUCAÇÃO EM CAMOCIM - ESCOLA PEDRO APÓSTOLO

Rua 24 de Maio com Igreja de São Pedro ao fundo. Arquivo UVA/NEDHIS,
Em 2012 completarão 70 anos da Festa de São Pedro em Camocim. Como já dissemos em postagens anteriores, a Igreja de São Pedro foi erguida com o objetivo de afastar os fiéis de outras crenças, como o comunismo, além de dotar a região da praia da assistência religiosa e social, que segundo o pároco da época era um local de muita prostituição e pecado. Ao final dos anos 1960 o Serviço de Promoção Humana-SPH através de suas atividades no campo da educação contribuiu, segundo a historiadora Vera Lúcia Silva, para a conquista de "novos adeptos". (p.54). Na Igreja de São Pedro, especificamente e, depois na Casa de São Pedro, funcionou a Escola Pedro Apóstolo (foto abaixo), a primeira escola em um bairro de Camocim, conforme afirmação da historiadora acima referida:
"É interessante frisar que em 1968 o SPH, como foi afirmado anteriormente, em parceira com o SESI, com o Centro Social Evangélico de Camocim – CSEC, com a Colônia dos Pescadores e com a Conferência de São Vicente de Paula, fundou a primeira escola, que nós conhecemos hoje como escola de Ensino Fundamental I, em um bairro periférico de Camocim, a Escola Pedro Apóstolo – EPA. Com a ampliação da entidade, em 1968, é instalada uma secretaria, situada à entrada da Igreja de São Pedro, para realizar a matrícula de novos alunos".
Saliente-se o caráter ecumênico da iniciativa que proporcionou a muitas crianças da época terem acesso às primeiras letras e hoje terem se tornado homens e mulheres atuantes em nossa sociedade, mostrando que quando se quer fazer, é possível submeter as paixões e ideologias para segundo plano. As fotografias abaixo devem mexer com as memórias de quem se utilizou dos espaços da Escola Pedro Apóstolo. Ao tempo em que registramos mais um fragmento da história da nossa educação, que os professores de hoje procurem estudar um pouco da ação de seus colegas que 40 anos atrás eram verdadeiros titãs na tarefa de dar um pouco do que sabiam aos pequenos de nossa cidade, onde formação e pós-graduações era algo impensável. 


SPH-EPA.Alunos defronte da Casa de São Pedro. . Arquivo UVA/NEDHIS.1972.

SPH-EPA. Alunos da Escola Pedro Apóstolo. 1972. Arquivo UVA/NEDHIS.



Nenhum comentário:

Postar um comentário