sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

15 DE JANEIRO DE 1881, O PRIMEIRO TREM DE CAMOCIM




O 15 de janeiro é mais do que uma data!. Há exatos 135 anos era inaugurado o primeiro trecho da Estrada de Ferro de Sobral entre Camocim e Granja numa extensão de 24,5Km. Na mesma data foram inauguradas as duas estações das mesmas cidades. Naquele momento começava a saga de uma ferrovia que durou quase um século e que foi de grande importância para a economia regional e impulsionadora do surgimento e desenvolvimento de vários lugares por onde o trem passava. Camocim foi um exemplo disso. De simples distrito de Granja, um ano depois do início da construção da estrada já conseguia sua emancipação política em 1879. Conta-se que foi uma grande festa a partida do primeiro trem rumo à cidade de Granja puxada por uma Maria Fumaça. O Prof. André Frota de Oliveira relata em seu livro A Estrada de Ferro de Sobral que quando o trem se aproximava da Estação Ferroviária de Granja, alguns populares correram daquele "monstro" de ferro que soltava fumaça pelas narinas. Outros mais valentes enfrentaram o bicho mecânico jogando pau e pedras que restaram da construção da estação. Com o tempo todos se acostumaram com as velhas Marias Fumaças que no anedotário popular acabou virando poesia como a que transcrevemos abaixo, certamente presente na memória de velhos ferroviários:
Estação Ferroviária de Camocim. Fonte:www.estacoesferroviarias.com.br














Tem a Estrada de Sobral
Três máquinas corredeiras
Rocha Dias e Sinimbu
E Viriato de Medeiros
Essas três locomotivas
Quando corre tudo arromba
Quem tiver no seu camim
Elas mata com a tromba.

Fonte: Acervo de Itamar de Oliveira Lima. In:”A Estrada de Ferro, “símbolo da modernidade” numa terra flagelada pela seca. André Sousa Furtado.

3 comentários:

  1. é uma data marcante, eu sou apaixonado pela a estação ferroviária de camocim, é um dos nossos maiores símbolos, que na minha opinião poderia ser utilizada para outro fim voltado as questões culturais, um espaço que possui história, seria muito apreciado se estabelecessem um projeto de resgatar tradições e culturas antigas do nosso camocim.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Resistiu ao tempo e é um dos poucos dos nossos maiores de patrimônios.Os mais velhos, me contam que antigamente havia vários casas e estabelecimentos antigos em camocim, mas que infelizmente o tempo e o descuido os levou, infelizmente. O acervo histórico que você mais encontra é ter uma conversa com os mais velhos, eles teem inúmeras histórias e coisas para contar, eu sou apaixonado pela história e a antiguidade de nosso camocim, o mesmo que possui inúmeras história e fatos, conhecer a história de camocim é embarcar no tempo e se apaixonar, sou louco por esse site, obrigado por existir e parabéns pelas as postagens, muitos não valorizam-nas , mas elas são de grande importância e não me canso de lê-as.

    ResponderExcluir