O Blog:

Amigos e conterrâneos camocinenses, a gente só dar o que tem. Quando pensamos editar um blog, este foi o pensamento: doar todo nosso esforço na construção de uma ferramenta como esta para a divulgação pura e simples da nossa história. Contudo, essa é uma oportunidade de todos participarem desta empreitada, seja comentando, sugerindo, corrigindo e, efetivamente, participando dessa grande viagem que a História nos proporciona. Que nosso "POTE" nunca encha e sacie a todos!!!

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

A HISTÓRIA É DO CAMOCIM

Amigos e conterrâneos camocinenses. Há muito queria dispor de uma ferramenta como esta para a divulgação pura e simples da nossa história. Tenho tido, nesta empreitada, poucas portas abertas, muitas fechadas. Por isso, me decidi por conta e risco próprios, aventurar-me na condução de um blog que traga as pesquisas e as discussões sobre nossa história. Tenho me esforçado em publicar minhas pesquisas, mas não tenho guarida na minha terra e até na minha universidade. Nem tampouco recursos próprios para bancar edições de obras relativas à nossa história. Editar um blog pode ser uma saída. Só espero ter fôlego e tempo necessários para dar conta das demandas. Contudo, o sucesso deste blog dependerá muito dos amigos, estudantes e internautas que por acaso vierem a acessá-lo. Da minha parte, prometo trazer aspectos que possam de alguma maneira contribuir para a recuperação de nossa história e do desenvolvimento cultural de nosso município. Sempre tive isso em mente, desde que me decidi por esse caminho e profissão de historiador. Minhas pesquisas mais importantes foram e serão sobre Camocim. Tive a oportunidade de assessorar um projeto editorial para nossa cidade, aprovado pela edilidade e assinado pelo Executivo, mas, solenemente esvaziado em sua dotação orçamentária por razões não muito convincentes. Recentemente, recebi convite do amigo livreiro Francisco Olivar (Vavá) para participar de um projeto parecido, patrocinado pela Prefeitura Municipal. Já aceitei e já deixei minha contribuição com o revisor do projeto, Dr. Raimundo Cavalcante. Eu não tenho preferências partidárias quando o assunto é a cultura e o bem de nossa cidade. Sendo convidado, participo com a maior satisfação.
Para iniciar esse trabalho, apresento-lhes uma foto rara do Camocim de outrora, (que chegou às minhas mãos pelo estudante do Curso de História da UVA Paulo José) , provavelmente da década de 1940 a 1950, nos brindando com uma panorâmica da antiga Rua do Comércio, que já se chamou Virgílio de Melo Franco, político udenista, nossa atual Rua Dr. João Thomé, em homenagem a um dos engenheiros de nossa Estrada de Ferro de Sobral. O ângulo do fotógrafo é de quem estava recostado à balaustrada que orna a margem esquerda do Rio da Cruz (Coreaú, Camocim), tendo a Igreja Matriz de Bom Jesus dos Navegantes ao fundo, e no primeiro plano a Praça Vicente Aguiar, o casarão que foi da Família Sabóia, o Bar do Dedim Trévia e a firma comercial M. Aguiar, onde o Sr. Hindenburg Aguiar iniciou sua carreira comercial. Homens, mulheres e crianças passeiam pela Esplanada do Porto, esperando, quem sabe, parentes e amigos no trem das cinco horas da tarde. Vida longa ao blog e seja sujeito de sua própria história!

8 comentários:

  1. Professor Carlos Augusto, parabéns por esse belíssima iniciativa de resgatar nossa história, pois camocim merece, infelizmente não somos valorizados como deveriamos. Só a titulo de sugestão quando postar alguma matéria coloque a data. Professor, não desanime infelizmente nosso povo têm fome de comida, cultura não. Quem sabe um dia a ficha cai.Um forte abraço, Prof. Neudson.

    ResponderExcluir
  2. Professor Carlos Augusto, parabéns pela iniciativa!
    Espero que você consiga levar este projeto à frente!
    A foto me lembra Camocim nos anos 60, sendo que as árvores estavam crescidas e se não me falha a memória existia uma pousada(hotel) numa dessas casas do primeiro plano.
    Como saudosista vou ficar no aguardo de outras postagens, se possível com fotos da Camocim antiga.

    Fco. Souza

    ResponderExcluir
  3. Você não imagina a alegria que está me proporcionando com este blog, como professora de história e não filha da terra, tenho muita dificuldade em ministrar minhas aulas, e pode ter certeza que será uma ferramenta muito bem usada por mim e acredito que por muitos colegas.
    Obrigada!
    Karoline David.

    ResponderExcluir
  4. Pois é galera, essa foto também me trouxe reminiscências como a da espera do trem no fim da tarde. Ainda vi a Fonte Luminosa, jogando seus jatos dágua para o alto, algumas aruanãs, marrecos e garças. Agradeço a todos pela visita. Mais fotos virão!!!!

    ResponderExcluir
  5. Estimado Carlos Augusto:
    Meus parabéns pela iniciativa e espero que vc. continue este seu belo e importante Trabalho!
    Morei nesta praça mais ou menos no ano de 1960, em casa vizinha à casa da família Saboia;recordo-me das chegadas dos trens, à noite; lembro-me ainda da Campanha do Jânio Quadros e também da Copa de 1962.
    Perto do Bar do Dedim creio que existia a Pensão da Dona Petronilha. Tinha também vizinho ao antigo Cine João Veras a Mercearia Serrote, do João Maia.
    Velhos tempos que não voltam mais... Tudo passa... Eterno, sòmente Deus, o nosso Criador e Salvador.
    Daniel

    ResponderExcluir
  6. Prof.Carlos Augusto,sou meio camocinense pois minha mãe era da terrinha e morei aí de 1966 a 1977 minha infância e adolescência vivi entre muitos casarões da foto este a direita no segundo plano onde observa-se um sobrado era o armazém do meu padrinho Eduardo.Soube do blog pelo meu irmão Charles.parabens pela iniciativa de socializar a História de Camocim.Sou da época do trem das 17h30 e observo que o fotográfo não fez a foto no final da tarde haja visto que a sombra dos prédios a direita e dos homens no meio da rua indicam que o sol está no periódo da manhã.um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Sou filha de Camocim da família Vasconcelos, com muito orgulho. Tenho um amor muito grande por esse lugar, minha infância foi toda nesse cidade maravilhosa. Fiz um Blog também da família. familianonatovasconcelos.blogspot.com, vamos fazer um encontro em Camocim com toda a família.

    ResponderExcluir