O Blog:

Amigos e conterrâneos camocinenses, a gente só dar o que tem. Quando pensamos editar um blog, este foi o pensamento: doar todo nosso esforço na construção de uma ferramenta como esta para a divulgação pura e simples da nossa história. Contudo, essa é uma oportunidade de todos participarem desta empreitada, seja comentando, sugerindo, corrigindo e, efetivamente, participando dessa grande viagem que a História nos proporciona. Que nosso "POTE" nunca encha e sacie a todos!!!

quarta-feira, 22 de julho de 2015

EXPOSIÇÃO "TELAS E TRILHOS" DE EDUARDO SOUZA, TRAZ O TREM DE VOLTA À CAMOCIM

Exposição "Telas e Trilhos". by Eduardo Souza. Camocim.2015.
Camocim reviveu no último sábado (18) a volta dos trens. Ferroviários, artistas plásticos, escritores, músicos, atores amadores, historiadores e até políticos estiveram na Estação Ferroviária para rever os antigos trens que ligaram nossa cidade à várias outras, saindo daqui indo até à capital e aos sertões de Crateús. 
Não foi preciso comprar bilhetes para ir a algum lugar. Tudo está ali pelas mãos, tintas, pincéis e talento do artista plástico Eduardo Souza. Desta forma, uma exposição temática conseguiu transportar-nos para o passado e trazer para o presente, materializado em cada tela, os vagões das nossas lembranças, das histórias de cada um com os trens.
O diferencial da exposição em tela foi o sentido coletivo que a mesma encerrou, o que mostra a força da arte e da cultura. Quem foi à antiga gare viu não somente a disposição de quadros pintados pelas mãos hábeis do artista, ou de maquetes de locomotivas, exemplares de trilhos e dormentes, além de outras peças. Mas, pode ouvir boa música com temática ferroviária, artistas representando, e ex-ferroviários emocionados sendo homenageados. Além das telas, fotografias dos operários da estrada de ferro e  depoimentos sobre suas experiências de trabalho.
A exposição serviu e deve servir também como um grito na luta pela reconquista do espaço da estação como centro cultural e preservação da nossa história, posto que, atualmente, boa parte da antiga gare está ocupada por boxes das repartições federais do INSS e da Receita Federal. Que a sensibilidade política possa ser aliada da artística e possamos dar àquele espaço, permanentemente, um destino mas digno, digamos, culturalmente. O trem voltou, não como promessa política ou meio de transporte. No sábado, o espaço onde o trem dormia despertou de repente e ficou repleto de gente e arte. A gare que já foi do trem pode ser nossa sala de visita para mostrarmos aos outros a riqueza do passado, os talentos do presente e a perspectiva de futuro. 

Fonte: texto e foto Camocim Online.

5 comentários:

  1. Excelente conteúdo neste site! Gostaria de ter o privilégio de conhecê-lo pessoalmente. Encontrei uma referência aos americanos que chegaram a residir em Camocim. O nome que me chamou atenção foi o Mister Paul, amigo meu de longas datas. O mesmo veio a falecer no ano 2014. Este é o site daquele casal: http://www.bgfmission.com/MSSyersPaul.html. Por sinal, eu também sou americano residente de Camocim desde 30/12/14,

    ResponderExcluir
  2. Excelente conteúdo neste site! Gostaria de ter o privilégio de conhecê-lo pessoalmente. Encontrei uma referência aos americanos que chegaram a residir em Camocim. O nome que me chamou atenção foi o Mister Paul, amigo meu de longas datas. O mesmo veio a falecer no ano 2014. Este é o site daquele casal: http://www.bgfmission.com/MSSyersPaul.html. Por sinal, eu também sou americano residente de Camocim desde 30/12/14,

    ResponderExcluir
  3. Olá David, sempre estou aí em Camocim, notadamente em finais de semana e feriados prolongados. Espero conhecê-lo também. Miste Paul, não cheguei a conhecer pessoalmente, mas sei que foi um missionário da Igreja Bíblica, muito amigo da minha colega Profa. Liduína.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Carlos,
      Seria ótimo conhecer mais um amigo da Profa. Liduína. Por sinal, dias 18 a 20 de setembro a Igreja Bíblica comemora seu aniversário de 49 anos. Ficaríamos imensamente satisfeitos com sua presença, quando teremos, inclusive, apresentações da história dos primeiros anos deste trabalho, com fotos de Mister Paul, esposa e filhas. Com sua permissão, gostaríamos de incluir também algumas fotos do seu site.
      Abraço cordial.
      Pr. David Johnson

      Excluir
  4. Olá David, sempre estou aí em Camocim, notadamente em finais de semana e feriados prolongados. Espero conhecê-lo também. Miste Paul, não cheguei a conhecer pessoalmente, mas sei que foi um missionário da Igreja Bíblica, muito amigo da minha colega Profa. Liduína.
    Abraços!

    ResponderExcluir