O Blog:

Amigos e conterrâneos camocinenses, a gente só dar o que tem. Quando pensamos editar um blog, este foi o pensamento: doar todo nosso esforço na construção de uma ferramenta como esta para a divulgação pura e simples da nossa história. Contudo, essa é uma oportunidade de todos participarem desta empreitada, seja comentando, sugerindo, corrigindo e, efetivamente, participando dessa grande viagem que a História nos proporciona. Que nosso "POTE" nunca encha e sacie a todos!!!

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

V SC. 08. A RÁDIO UNIÃO DE CAMOCIM

Fachada da Rádio União de Camocim 820 - AM. Foto: Aroldo Viana.


Na primeira metade da década de 1980, Camocim entrou na era da radiodifusão. A novidade veio a reboque das novas estratégias políticas de manutenção do poder. Desta forma, um grupo político que se prezasse tinha de ter um veículo midiático que lhe desse sustentação, no caso uma emissora de rádio. O governo federal, por sua vez, era pródigo em distribuir concessões de rádio para seus aliados no chamaro período de distensão da ditadura civil-militar. Daí que em Camocim o grupo político Coelhos/Veras não perdeu tempo e conseguiu colocar no ar a Rádio Pinto Martins, 1450 AM, funcionando na praça de mesmo nome, esquina coma rua Independência. Não demorou muito para que o grupo da família Aguiar conseguisse também sua concessão, com a Rádio União de Camocim , 820 AM (foto) com sede na rua Dr. João Thomé, defronte à praça Vicente Aguiar. Infelizmente, hoje, no dia dos radialistas, o rádio em frequência de amplitude modulada (AM) não está mais no ar. A Rádio Pinto Martins se transformou em FM na categoria comunitária. Já a Rádio União pediu a conversão de AM para FM junto à ANATEL e espera autorização. Abaixo, o decreto federal que institui a Rádio União de Camocim pelo Presidente Figueiredo em 1981, um ano após conceder tal benefício para funcionamento da Rádio Pinto Martins:

Senado Federal
Secretaria de Informação Legislativa

Decreto nº 86.168, de 29 de junho de 1981
Outorga concessão à RÁDIO UNIÃO DE CAMOCIM LTDA., para estabelecer uma estação de radiodifusão sonora em onda média de âmbito regional, na cidade de Camocim, Estado do Ceará.
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, usando das atribuições que lhe confere o artigo 81, item III, combinado com o artigo 8º, item XV, letra "a", da Constituição, e tendo em vista o que consta do Processo MC nº 11.477/80 (Edital nº 33/80),
DECRETA:
Art. 1º - Fica outorgada concessão à RÁDIO UNIÃO DE CAMOCIM LTDA., nos termos do artigo 28 do Regulamento dos Serviços de Radiodifusão, aprovado pelo Decreto nº 52.795, de 31 de outubro de 1963, para estabelecer, sem direito de exclusividade, uma estação de radiodifusão sonora em onda média de âmbito regional, na cidade de Camocim, Estado do Ceará.
Parágrafo único - O contrato decorrente desta concessão obedecerá às cláusulas baixadas com o presente e deverá ser assinado dentro de 60 (sessenta) dias, a contar da publicação deste decreto no Diário Oficial da União, sob pena de se tornar nulo, de pleno direito, o ato de outorga.
Art. 2º - Este decreto entrará em vigor, na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
Brasília, DF, 29 de junho de 1981; 160º da Independência e 93º da República.
JOÃO FIGUEIREDO

3 comentários:

  1. Dessa eu lembro! Dia 14 de Outubro de 1982 aconteceu a inauguração da Rádio União. Eu morava na Fazendinha. Fomos num pau-de-arara assistir o evento que teve a presença do sanfoneiro Azeitona dando seu show, cantando as músicas do Gonzagão. Era período eleitoral, Murilo Aguiar era candidato e Azeitona muito engraçado brincou com o público: "no dia da eleição, quem não votar no Padim Murilo vai ficar da minha cor" Pois sua pele fazia jus ao apelido. rsrs...

    ResponderExcluir
  2. Hehehehe... Azeitona tirando sarro da própria cor! Seria racismo ao contrário? Vou utilizar essa sua recordação para um conto futuro!

    ResponderExcluir
  3. Hehehehe... Azeitona tirando sarro da própria cor! Seria racismo ao contrário? Vou utilizar essa sua recordação para um conto futuro!

    ResponderExcluir