O Blog:

Amigos e conterrâneos camocinenses, a gente só dar o que tem. Quando pensamos editar um blog, este foi o pensamento: doar todo nosso esforço na construção de uma ferramenta como esta para a divulgação pura e simples da nossa história. Contudo, essa é uma oportunidade de todos participarem desta empreitada, seja comentando, sugerindo, corrigindo e, efetivamente, participando dessa grande viagem que a História nos proporciona. Que nosso "POTE" nunca encha e sacie a todos!!!

segunda-feira, 18 de abril de 2016

ABRIL PINTO MARTINS IX - A ESTADIA NO HAITI

Depois de rebatizado o hidroavião adquirido na Base Naval de Pensacola, na Flórida, EUA, o mesmo passou por ajustes. No entanto, o  “Sampaio Corrêa II”, apresentou problemas de refrigeração nos motores. Ainda tentaram resolver o problema com um radiador auxiliar. No entanto, a experiência não deu certo, visto que impossibilitou o avião ganhar altura. A tripulação então decidiu aguardar novas peças para a realização do conserto em definitivo. A demora na chegada das peças fez com que o grupo permanecesse no Haiti durante um mês, o que inviabilizou a ideia de concluir o voo a tempo das homenagens relativas ao Centenário da Independência do Brasil.
Pinto Martins em Porto Rico. 1923. Revista da Semana, RJ, nº 10, p.21.
Somente a sete de outubro de 1922 eles reiniciam o “raid”, seguindo para a República Dominicana, depois Porto Rico e Ilha de Martinica. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário