O Blog:

Amigos e conterrâneos camocinenses, a gente só dar o que tem. Quando pensamos editar um blog, este foi o pensamento: doar todo nosso esforço na construção de uma ferramenta como esta para a divulgação pura e simples da nossa história. Contudo, essa é uma oportunidade de todos participarem desta empreitada, seja comentando, sugerindo, corrigindo e, efetivamente, participando dessa grande viagem que a História nos proporciona. Que nosso "POTE" nunca encha e sacie a todos!!!

quarta-feira, 13 de abril de 2016

ABRIL PINTO MARTINS VII. O SAMPAIO CORREIA II


Sampaio Correia II. 1922. Haiti. Fonte:Revista da Semana, RJ. nº 9, p.23, 1923.
Como se disse na postagem anterior, o hidroavião Sampaio Correia I ficara destroçado. Passado o susto inicial, verificou-se que apenas a  terceira etapa do raid aéreo havia sido concluído. Pinto Martins, Walter Hinton e os tripulantes, no entanto, não davam sinais de desânimo. Neste sentido, continuaram com a "idéia de provar que uma rota aérea ligando as Américas (norte e sul) era viável". Deste modo, convenceram que o jornal The New York Word providenciassem um outro avião para a continuação do percurso aéreo. Retornaram para Flórida nos EUA onde o jornal adquiriu junto à Escola Naval de Pensacola um outro hidroavião, que tinha seis anos de uso. Feita a doação no dia 04 de setembro de 1922, o agora Sampaio Correia II retomava o raid e pousava em  Porto Príncipe no Haiti em 07 de setembro de 1922, dia em que se comemorava a Independência do Brasil, motivo inicial da viagem.



Base Naval de Pensacola. Flórida. EUA.

Fonte: O Literário. Camocim-CE.

2 comentários:

  1. MEU RIO, MEU MAR

    ESTE RIO QUE PASSA EM MINHA FRENTE
    DESLUMBRANTE DE CHARME E DE BELEZA
    É SOMENTE O TOM DA NATUREZA,
    DESPERTANDO MEU SUBCONSCIENTE
    E ESTE SOL QUE ME QUEIMA DE TÃO QUENTE
    E ME IRRADIA O BRILHO NO OLHAR
    E EU AQUI SENTADO A BEIRA MAR
    VENDO AS VELAS SURGIREM CALMAMENTE

    SOBRE AS DUNAS ARDENTE COMO O SOL
    VEJO AREIA DE RARA CLARIDADE,
    COMO NUVENS ENCOBREM A CIDADE,
    PELO VENTO EM FORMA DE LENÇOL
    OS COQUEIROS, OS MANGUES, O FAROL
    E A MARÉ NO CAIS A BALANÇAR
    COM AS CANOAS BAILANDO SOBRE O MAR
    CICLONISMO QUE ENFEITA O ARREBOL

    QUEM ME DERA SE EU FOSSE UM MARINHEIRO
    E EM TEU LEITO PUDESSE NAVEGAR
    PRA CONTIGO NAS MATAS ME EMBRENHAR
    PELO VALE SUBIR O DIA INTEIRO
    AS NASCENTES SERIA MEU ROTEIRO
    E O ATLÂNTICO MEU PONTO DE CHEGADA
    NEM QUE FOSSE EM PLENA MADRUGADA
    PRA QUE A LUA PUDESSE VER PRIMEIRO

    OH SENHOR,
    QUE COM SUA SÁBIA E GENEROSA MÃO
    FEZ Á VIDA E TUDO FLORESCER
    E ALEGRIA DE CADA AMANHECER
    QUANDO HÁ VERDE E ÁGUA NO SERTÃO
    EU LHE PEÇO COM TODA DEVOÇÃO
    NOS PROTEJA DA SUJEIRA E DO ESTIO
    E PRESERVE AS BELEZAS DO MEU RIO
    SEMPRE VIVA PRA TODA GERAÇÃO.








    SÍLVIO PAZ

    ResponderExcluir
  2. CAMOCIM CIDADE BELEZA





    CAMOCIM

    QUANDO PENSO NAS BELEZAS

    ÁGUAS CLARAS, PRAIAS, LITORAL.

    AGRADEÇO A MÃE NATUREZA

    POR SER TU MINHA TERRA NATAL.



    QUE O DESTINO FIZERA NASCER

    ESPELHADA PELO ATLÂNTICO AZUL

    NO ENCONTRO DAS ÁGUAS DO MAR

    COM AS DO RIO COREAÚ



    E ASSIM DENTRE DANTAS BELEZAS

    FEZ DE TI, TERRA DOS MANGUEZAIS

    CARANGUEJO E ÁGUA DE COCO,

    SÃO RECHEIOS DOS TEUS CARNAVAIS.



    TERRA FÉRTIL QUE BROTA A ESPERANÇA

    CALMA, MANSA, REFÚGIO DE PAZ

    SEJA ORGULHO DAS TUAS CRIANÇAS

    PARA QUE NÃO TE DEIXES JAMAIS



    CAMOCIM CIDADE BELEZA

    PARA SEMPRE RAINHA DOS MARES

    CAMOCIM TU ÉS COM CERTEZA

    A MAIS DOCE E MAIS LINDA CIDADE.

















    SÍLVIO PAZ

    ResponderExcluir