O Blog:

Amigos e conterrâneos camocinenses, a gente só dar o que tem. Quando pensamos editar um blog, este foi o pensamento: doar todo nosso esforço na construção de uma ferramenta como esta para a divulgação pura e simples da nossa história. Contudo, essa é uma oportunidade de todos participarem desta empreitada, seja comentando, sugerindo, corrigindo e, efetivamente, participando dessa grande viagem que a História nos proporciona. Que nosso "POTE" nunca encha e sacie a todos!!!

domingo, 28 de agosto de 2011

JANGADEIROS DE CAMOCIM - POR RAIMUNDO CELA

Hoje é domingo. É o dia de que tenho mais saudade da terrinha, posto que, de onde estou, fica apenas na retina, a lembrança do mar se derramando sobre a cidade, os pescadores chegando ou saindo em suas embarcações, as pessoas se dirigindo às praias para o seu banho dominical, do lado de cá ou para o "outro lado". A paisagem que se descortina em minha mente, em tempos outros, inspirou o grande pintor Raimundo Cela a pintar seus quadros e retratar a nossa gente mundo afora. Curando sua doença nos banhos de mar e no clima de Camocim, Cela legou ao mundo das artes, peças imortais como "Jangadeiros em Palestra", que hoje ilustra nossa humilde postagem. O jornal "O Povo" de 19 de julho de 2008, assim se reportava à imagem:

RAIMUNDO CELA (1890-1954) Jangadeiros em palestra, 1943. Óleo sobre madeira do acervo do Banco do Nordeste do Brasil.Natural de Sobral, o gravador epintor dividiu o fazer artístico com o ofício de engenheiro. Estudou no Rio de Janeiro e, por lá, foi influenciado pelo academicismo. Morador de Camocim, teve sua obra influenciada pela imagem de pescadores e de tipos populares, empregando em suas telas a força, o movimento e a luminosidade da paisagem nordestina.

Fonte: Jornal "O Povo", 19/07/2008. Biblioteca Menezes Pimentel

Nenhum comentário:

Postar um comentário