O Blog:

Amigos e conterrâneos camocinenses, a gente só dar o que tem. Quando pensamos editar um blog, este foi o pensamento: doar todo nosso esforço na construção de uma ferramenta como esta para a divulgação pura e simples da nossa história. Contudo, essa é uma oportunidade de todos participarem desta empreitada, seja comentando, sugerindo, corrigindo e, efetivamente, participando dessa grande viagem que a História nos proporciona. Que nosso "POTE" nunca encha e sacie a todos!!!

sexta-feira, 27 de maio de 2011

A VIOLÊNCIA NO CAMOCIM DO SÉC. XIX.


É forçoso dizer, a violência é um fenômeno cotidiano, milenar e eterno. A história universal está aí para corroborar esta afirmativa. Quem diria que a Villa de Camocim em 1883 já sofresse desse problema? É o que vou lhes contar e, para maior fidedignidade transcrevo o documento, talvez um dos primeiros produzidos pela Câmara Municipal ao Presidente da Província do Ceará:

Ofício da Câmara Municipal da Villa de Camocim, em Sessão Ordinária de 13 de abril de 1883.

Esta Câmara vendo que a tranqüilidade publica d’esta Villa se acha (ilegível) perturbada por um grupo de desordeiros de vida ociosa e que vem ameaçar locais, transitão publicamente por esta villa armados de faca e cacete provocando aos pacíficos abitantes do lugar, chegando sua ousadia deregirem insultos a própria autoridade como aconteceu na noite do dia 23 do mez próximo passado, quando um grupo d’estes perturbadores apredejaram a caza do Subdelegado de Polícia deregindo-lhe ainda toda sorte de insultos.

Ainda um grupo d’esses desordeiros na noite do dia 6 do corrente mez em numero de 20 a 30 espancarão a um (ilegível) do exército, levando pois ao conhecimento de V. Exca. tão tristes fatos, espera da sábia e assertada a demonstração de V. Exa. Providencias assaz asertadas.

Releva significação a V. Exa. que a presença do seu destacamento suficiente commandado por um official, se faz necessário nesta villa attento sua crecida população adventícia.

Deus Guarde a V. Exa.

Ilmo. E Exmo. Snr. Barão de (ilegível)

Mto. Dig. Presidente da Província do Ceará.

Diogo José de Souza – Presidente

João Porfírio de Andrade

Joaquim Firmo Pessoa

Joaquim Inácio Uchoa

Zeferino Ferreira de Véras.”

Foto: memorialcamocim.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário